É claro que a formação musical escolhida para o receptivo, ou seja, quais instrumentos e vozes integrarão o conjunto musical nesse momento específico, deve se adequar e servir ao propósito do cronograma do cerimonial do evento. Abaixo, sugerimos apenas algumas opções de formações musicais que melhor atendem a cada tipo de evento.

a)      Festas de casamento e bodas:

Para esse tipo de evento, sugerimos poucos instrumentos e vozes, para receber com mais aconchego os convidados. Temos que entender que a festa só está começando e que, depois, é normal que haja música na recepção da festa, normalmente com banda e, ainda mais tarde, os convidados dançarão ao som de um DJ.

Portanto, nesse momento, um solo de violino ou saxofone é muito bem vindo, assim como também um piano solo. Também um quarteto de cordas (dois violinos, viola e violoncelo) é extremamente acolhedor e fino. O repertório deverá ser o mais leve e tranquilo possível, com temas líricos eruditos ou populares, porém sem serem festivos ou dançantes.

No entanto, se você procura exclusividade, conheça o nosso receptivo de voz & harpa (ou voz & piano), com repertório de canções celtas irlandesas e inglesas, clicando aqui.

b)      Aniversários e batizados:

Normalmente, em aniversários de 15 anos, a festa tende a ter uma semelhança com a festa de casamento, com receptivo, recepção, dança da debutante e parabéns (bolo), e música mecânica (com DJ), ou ao vivo (com banda), para os convidados dançarem. Nesse caso, o receptivo deve ser mais tranquilo musicalmente também. Em outros tipos de aniversários e batizados, o receptivo se adequará conforme a programação prevista para essa festividade: se mais solene ou se mais tranquila.

c)      Formaturas e comemorações acadêmicas:

Aqui, é imperativo que o receptivo (e igualmente a solenidade) deva ser feito com mais instrumentos e vozes, pelo que, por exemplo, um grupo vocal ou coro é bem vindo, pois pode representar musicalmente as vozes dos formandos. Nesse caso, pelo menos o piano (ou teclado, na falta daquele) deve acompanhar os cantores. Um grupo de instrumentos de cordas (violino, violoncelo ou até um quarteto ou quinteto de cordas) e sopros (trompete e saxofone) também completa e enriquece a cerimônia.

d)     Eventos empresariais comemorativos e

e)      Eventos corporativos em geral:

Dependendo do âmbito social que a empresa ou instituição quer alcançar com o evento, pode-se ter desde um piano solo, ou um teclado e saxofone, até um coro e orquestra sinfônica. Pode-se ter, então, desde uma música de fundo tranquila até um concerto ou show montado especificamente para o evento.

f)       Festas em geral:

Nesses eventos, a formação é mais livre, pois a formação musical do receptivo se adequará conforme a intenção de cada tipo de festa.

Compartilhe:
FacebookTwitterGoogle+